quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Museu de Pindamonhangaba recebe exposição de arte sacra


A “Primeira Exposição de Arte Sacra – Pai & Filho” está sendo exposta no Museu Histórico e Pedagógico D. Pedro I e Dona Leopoldina. Até o dia 6 de janeiro as obras de Sérgio Callipo e de seu filho, Felipe Callipo estarão lá. As pessoas podem vê-las gratuitamente.
A inauguração da exposição de obras religiosas feitas de barro aconteceu no último dia 8 de dezembro.  Entre elas está o “Presépio Regional Vale-paraibano”, que de maneira criativa demonstra o nascimento de Jesus por meio da história vale-paraibana. O presépio expressa em 46 peças, a cultura caipira em personagens paraibanos,por exemplo, o Menino Jesus é apresentado por um bebê índio.
“Um presépio assim é diferente, sai do convencional e tem tudo a ver com o Vale do Paraíba, então acredito que muitos irão gostar”, declara Sérgio Callipo, que já participou de exposições nacionais e internacionais com suas obras.
Seu filho Felipe, que decidiu seguir a tradição e tornou-se artista plástico, também produziu peças para a exposição, que possui várias criações voltadas para a arte sacra.
A exposição está sendo exibida no Museu Histórico e Pedagógico Dom Pedro I e Dona Leopoldina, e conta com apoio da Prefeitura de Pindamonhangaba. O horário de visitação é de segunda a sábado, das 9h às 12h e das 13h às 17h. Agora, no final do ano, o Museu não abrirá dias 23,24, 25 e 30,31 de dezembro. 

Funcionários dos Correios entram em greve em Pindamonhangaba


Os funcionários dos Correios de Pindamonhangaba entraram em greve nessa quarta-feira, dia 13, contra a demissão de um sindicalista e de membros da Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes).
A direção dos correios suspendeu o contrato de trabalho do delegado sindical Wilton Martins e demitiu dois membros de Cipa, José Leonardo e Tiago Lima.
Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos do Vale do Paraíba, as três demissões são irregulares e se configuram como prática antissindical.
Ainda segundo o sindicato, a greve pela reintegração deles está com adesão de 70% da categoria.
Em Pindamonhangaba, há cerca de 50 funcionários dos Correios, 15 a menos do que seria o adequado, de acordo com o sindicato.



   

Turismo de Pindamonhangaba participa do Revelando São Paulo


No mês de dezembro, o Turismo de Pindamonhangaba esteve presente no evento de cultura e gastronomia "Revelando São Paulo", através do Circuito Mantiqueira.  São mais de 80 espaços de culinária, 100 estandes de artesanato, 1600 grupos de cultura popular tradicional e participação de 170 cidades.

Para a diretora de Turismo de Pindamonhangaba Ana Lucia o Revelando São Paulo faz parte da Política do Governo do Estado de preservação e difusão do Patrimônio imaterial. “É um estímulo para que pessoas do interior e da capital venham a conhecer suas histórias, contadas por meio de suas tradições. Com o apoio do prefeito Dr. Isael, levamos nosso artesanato, nosso café caipira e todas as informações Turísticas junto ao Departamento de Turismo”, finalizou Ana Lucia.

Vereadora Gislene Cardoso luta para a regulamentação dos Food Trucks no município de Pindamonhangaba


A vereadora Gislene Cardoso solicitou ao executivo através do requerimento 3209\2017 que seja enviado com urgência para a Câmara o novo código de postura do município que é desde 1974 e solicitou que seja criada uma lei complementar para regulamentar as atividades de Food Trucks no município.
Segundo a vereadora essa atividade é muito importante para cidade, é uma das novas tendências no turismo gastronômico, e não consta no código de postura por ser muito antigo.
Além de agradar os munícipes e visitantes, a vereadora ressalta que a partir do ano de 2018 estará solicitando ao setor de turismo ações para fomentar e qualificar essa atividade em parceria com o Sebrae com cursos de qualificação, manuseios dos alimentos empreendedorismo etc, além da promoção de diversos eventos para fortalecer a atividade e, também formatando mais atrativos de turismo gastronômico no município.

Herivelto Vela caminha para ser deputado Federal


Depois do encontro com o ex-presidente Lula e algumas lideranças sindicais, oportunidade que Vela recebeu os agradecimentos de Lula por ter homenageado ele colocando o seu nome em seu filho. No último dia 8, Vela esteve reunido no diretório estadual do PT com o pré-candidato a governador Luiz Marinho onde recebeu novamente o apoio e a motivação partidária para que saia ano que vem como deputado federal pelo partido na região.
A princípio somente ele deverá ser candidato a deputado federal, tendo outras lideranças como Carlinhos de Almeida, Amilton, Rose Gaspar, Cassia e Julia como candidatos a estadual.

Para o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Vela a caminhada é longa, mas cada dia que passa o apoio de diversos sindicatos e até mesmo da população vem motivando para que este fato se conclua. 

Dito Bala e Luiz Rosas apimentam programa do Norbertinho


No último sábado dia 09, o programa Direto ao Ponto apresentado pelo empresário Norbertinho Moraes, teve como entrevistados o presidente da Associação do Mombaça Dito Bala e o advogado Luiz Rosas.
Luiz Rosas fez uma analise dos problemas que Pinda vive na área da saúde, dentre eles o grande assunto do momento é a perda ou não das ambulâncias do SAMU, fato considerado por ele falta de habilidade e gestão administrativa, pois ao longo deste 1 ano a cidade só teve problemas na área da saúde e poucas soluções.
Com relação a perda das ambulâncias Rosas disse que é um fato que poderá acontecer, pois desde o começo da mudança saindo de Taubaté e supostamente querendo ingressar em Guaratinguetá, sem ter o regulador iria mesmo acabar, pois as UPAS não estão funcionando e sem setor de regularização o recolhimento das ambulâncias pelo Ministério da Saúde ocorreria a qualquer instante.
Dito Bala concordou com as palavras do advogado e culpou tudo que está acontecendo na cidade a omissão dos vereadores que ao invés de estar fazendo o seu papel que é fiscalizar e fazer leis, estão preocupados em solicitar limpeza de bairros, nomes de ruas, serviço estes que já vem sendo feito gratuitamente por todos os presidentes de bairro e enquanto isso problemas como saúde, transporte, educação, e geração de emprego vem só tendo problemas por falta de mais trabalhos dos vereadores.
O programa Direto ao Ponto vai ao ar todos os sábados a partir das 6h30, na Rádio Princesa.




terça-feira, 12 de dezembro de 2017

COLUNA: “RESENHA DA PRINCESA DO NORTE”

ESTA E DE RESPONSABILIDADE DO AUTOR

Por Luis Rosas (advogado)


ENTÃO É NATAL E O ANO ESTÁ NO FIM!
E já estamos no mês de dezembro mais uma vez, o ano já está acabando, isso mesmo passou rápido não é? Muitos acontecimentos felizes ocorreram, e outros ao contrário trouxeram tristeza, amadurecimento e crescimento. Vocês podem estar pensando: é hoje pelo visto o espirito de Natal pegou o colunista! Talvez possa ser, mas na verdade, geralmente no fim de um ano fazemos um balanço geral de todos os fatos, para que possamos buscar algo que nos traga tanto uma reflexão como uma perfeita análise de tudo o que se passou.
Neste ano a população de nossa Princesa do Norte, imaginou que seria um ano novo repleto de esperança de que muita coisa pudesse mudar, afinal depositaram no ano anterior a confiança de que isso aconteceria. Mas não foi o que se viu seguidamente durante todo o decorrer do ano que se finda.
O que a população pode perceber que houveram mudanças sim mas em muitas delas para pior, isso mesmo, o avanço não chegou, ou melhor ainda não aconteceu. Pudemos perceber nas Redes Sociais e por onde percorremos e conversamos, que as reclamações cresceram mês a mês, e a indignação e arrependimento também caminharam juntos.
Do outro lado, ou seja, de quem prometeu as mudanças e melhorias, o que se ouviu sempre foi que estamos num ano difícil, sem recursos, com orçamento do antecessor, colocando a casa em ordem, pagando dividas herdadas, consertando coisas erradas, dentre outras. Muitos de nós diante destas respostas pensávamos que estávamos vivendo o ano de 2013, isso mesmo, o discurso se repetiu, lamentavelmente!
Num verdadeiro clima de Natal, as promessas voltam à tona, num cenário agora de que muita coisa boa está por vir, que agora sim vai andar a máquina pública com o jeito novo de fazer gestão, agora solto das amarras do orçamento anterior, ou melhor, agora vai ter a nossa cara, e assim a esperança tenta voltar a reinar, não sabemos ainda na cabeça de quantas pessoas ou até por quanto tempo, afinal muitos já não confiam mais na classe política. Vamos aguardar o que ainda está por vir.
Finalizo esta coluna, agradecendo quem a acompanhou neste ano de 2017, e que todos tenham um Natal repleto de bênçãos e que possamos estar juntos no ano que vem pela frente, vamos continuar fiscalizando e expondo nossa opinião, afinal o direito é seu e é nosso, Feliz Ano Novo e vamos em frente!!!
Até a próxima coluna e um forte abraço a todos!